(Republicação)

Imagem encontrada em busca no Google.

Humberto de Campos (Espírito)

 

“(…)

 

Nessa abençoada tarefa de espiritualização, o Brasil caminha na vanguarda. O material a empregar nesse serviço não vem das fontes de produção originariamente terrena e sim do plano invisível, onde se elaboram todos os ascendentes construtores da Pátria do Evangelho.

 

 

(…)

 

– Brasileiros, ensarilhemos, para sempre, as armas homicidas das revoluções! … Consideremos o valor espiritual do nosso grande destino! Engrandeçamos a pátria no cumprimento do dever pela ordem, e traduzamos a nossa dedicação mediante o trabalho honesto pela sua grandeza! Consideremos, acima de tudo, que todas as suas realizações hão de merecer a luminosa sanção de Jesus, antes de se fixarem nos bastidores do poder transitório e precário dos homens! Nos dias de provação, como nas horas de venturas, estejamos irmanados numa doce aliança de fraternidade e paz indestrutível, dentro da qual deveremos esperar as claridades do futuro. Não nos compete estacionar, em nenhuma circunstância, e sim marchar, sempre, com a educação e com a fé realizadora, ao encontro do Brasil, na sua admirável espiritualidade e na sua grandeza imperecível!”

 

 

Trecho da obra: “Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho”, ditada pelo espírito Humberto de Campos e psicografada por Francisco Cândido Xavier. Publicada pela Editora FEB – Federação Espírita Brasileira (grifos nossos).

 

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.