A cólera é comparável a uma implosão mental de consequências imprevisíveis.
*
Quando te sintas sob a ameaça de semelhante flagelo, antes de falar ou escrever, usa o método conhecido de permanecer em silêncio contando até cem.
*
Se os impulsos negativos continuam, afasta-te para um lugar à parte e faze uma oração que te reequilibre.
*
Notando que a medida não alcançou os fins necessários, busca um recanto da natureza, onde encontres plantas e flores, cujas emanações te balsamizem o espírito.
*
Na hipótese de não retornares à tranquilidade, procura algum templo religioso e confia-te novamente à prece, esforçando-te para que a paz te fale no coração.
*
No entanto, se essa providência ainda falhar, dirige-te a um remédio amigo que, com certeza, te aliviará com sedativos adequados, a fim de evitares a implosão de tuas próprias forças.

Emmanuel. Psicografia de Chico Xavier.
Do blog “Bete – Mensagem do Dia“.