You are currently browsing the category archive for the ‘Cornélio Pires’ category.

Em carta você pergunta,
Prezada Rita Frazão,
Como se anotam no Além
As lutas da irritação.

Pode crer. A irritação
Quando envolve a criatura,
Ë um pedaço de caminho
Para a morte prematura.

A cólera é sempre um mal
Embora pareça um bem,
Espinheiro de azedume
Não dá proveito a ninguém.

São muitos os casos graves,
Que a fúria estende por si,
Tanto nos atos da Terra
Quanto nos fatos daqui.

Tanto se irava por nada
Nhô Totico das Candeias,
Que se matou sem querer
Trancando o sangue nas veias.

Enraivecido, Nhõ Juca,
Na Roça dos Enjeitados,
Morreu grudado na chusma
De espíritos atrasados.

Enfurecia-se à-toa,
O nosso Carlos Monteiro…
Ao irar-se no volante
Rolou no despenhadeiro.

Gritando desorientado
Contra tia Felisbela,
Nhô Ramos morreu de um bife
Engastalhado na goela.

Recorde o caso sabido
De Aninha de Nhô Vicente,
Caiu e morreu com raiva
Num tacho de água fervente.

Outra história muito triste
A morte de Adão Galeno,
Cego de raiva trocou
Sal amargo por veneno.

Sempre irritado na praça,
Tião do Sítio da Lua,
Fazendo compras na loja,
Morreu de briga na rua.

Outro caso doloroso
O de Chiquinha dos Matos,
Afogou-se na cisterna,
Querendo bater nos gatos.

Nhá Tina em fúria constante
Na Tapera do Riacho,
Quando surrava um cachorro,
Finou-se de escada abaixo.

Derrame acabou com Júlio
Na Fazenda da Floresta…
O pobre espantava as moscas
Com murros na própria testa.

Tenha calma e tolerância,
Não siga impulso violento,
A cólera, em qualquer parte,
É chuva de sofrimento.

Irritação? Fuja disso,
Não se esqueça, minha irmã,
Ante os entraves de hoje
Que a vida volta amanhã.

Cornélio Pires
Psicografia de Chico Xavier
Do site www.caminhosluz.com.br

Em carta você pergunta,
Prezada Rita Frazão,
Como se anotam no Além
As lutas da irritação.

Pode crer. A irritação
Quando envolve a criatura,
Ë um pedaço de caminho
Para a morte prematura.

A cólera é sempre um mal
Embora pareça um bem,
Espinheiro de azedume
Não dá proveito a ninguém.

São muitos os casos graves,
Que a fúria estende por si,
Tanto nos atos da Terra
Quanto nos fatos daqui.

Tanto se irava por nada
Nhô Totico das Candeias,
Que se matou sem querer
Trancando o sangue nas veias.

Enraivecido, Nhõ Juca,
Na Roça dos Enjeitados,
Morreu grudado na chusma
De espíritos atrasados.

Enfurecia-se à-toa,
O nosso Carlos Monteiro…
Ao irar-se no volante
Rolou no despenhadeiro.

Gritando desorientado
Contra tia Felisbela,
Nhô Ramos morreu de um bife
Engastalhado na goela.

Recorde o caso sabido
De Aninha de Nhô Vicente,
Caiu e morreu com raiva
Num tacho de água fervente.

Outra história muito triste
A morte de Adão Galeno,
Cego de raiva trocou
Sal amargo por veneno.

Sempre irritado na praça,
Tião do Sítio da Lua,
Fazendo compras na loja,
Morreu de briga na rua.

Outro caso doloroso
O de Chiquinha dos Matos,
Afogou-se na cisterna,
Querendo bater nos gatos.

Nhá Tina em fúria constante
Na Tapera do Riacho,
Quando surrava um cachorro,
Finou-se de escada abaixo.

Derrame acabou com Júlio
Na Fazenda da Floresta…
O pobre espantava as moscas
Com murros na própria testa.

Tenha calma e tolerância,
Não siga impulso violento,
A cólera, em qualquer parte,
É chuva de sofrimento.

Irritação? Fuja disso,
Não se esqueça, minha irmã,
Ante os entraves de hoje
Que a vida volta amanhã.

Cornélio Pires
Psicografia de Chico Xavier
Do site www.caminhosluz.com.br

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 15.059 outros seguidores

Twitter:

Anúncios publicitários & Direitos autorais:

Anúncios que porventura apareçam no site são de inteira responsabilidade do Wordpress, que é o destinatário dos lucros com eles obtidos, e não têm absolutamente nenhuma relação com o conteúdo ou com os responsáveis pelo Blog Meditando.

Não temos qualquer intenção de lucro com este blog.
***
Complementando o que foi dito acima, afirmamos que o único objetivo deste blog é divulgar a Doutrina Espírita. Buscamos obedecer as leis dos homens, ato que também configura respeito a Deus.

Ao publicarmos mensagens e trechos de obras, nosso único intento é divulgar o Espiritismo,e não de distribuir livros ou qualquer material de forma ilegal. Por isso, caso o detentor dos direitos de qualquer material aqui publicado julgue que ele deve ser retirado, por gentileza contate-nos via comentário no blog e o faremos prontamente. Repetimos, respeitamos as leis dos homens e os direitos alheios, como modo de respeito a Deus.
***
E, mais uma vez, agradecemos a sua companhia! Sejam bem-vindos!

Estamos à disposição!

Para contatar-nos, deixe um comentário no blog. Este blog não mais possui endereço de e-mail ativo para contato, apesar de ainda constar tal informação em algumas postagens antigas.

Seja bem-vindo!

IP Address Lookup

Blog Meditando no Twitter

Meditando em outros idiomas:

Chico Xavier:

Meditando ao redor do mundo

Mensagens espíritas aleatórias:

Pesquisar

RSS Mais artigos espíritas:

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Atualizações deste blog no Twitter@alunosdeKardec

Seções

Baú de Meditações

Nossos arquivos:

junho 2017
D S T Q Q S S
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Agradecemos a sua visita!

Divulgue a Doutrina Espírita

%d blogueiros gostam disto: